Portal Uno Midias
Amazonas

Wilson Lima se reúne com Alckmin para reforçar ações de enfrentamento à estiagem no Amazonas

Atendendo solicitação do governador, o Governo Federal antecipou o pagamento do Bolsa Família para 55 municípios e anunciou dragagem na área do Tabocal

O governador Wilson Lima esteve com o vice-presidente da República e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, para reforçar o atendimento de solicitações feitas pelo Governo do Amazonas diante da estiagem histórica no estado. A reunião aconteceu em Brasília, nesta quarta-feira (18/10), com a presença de ministros e parlamentares da bancada federal do Amazonas.

No encontro, segundo o governador, foi garantido o adiantamento para esta quarta-feira do pagamento do Programa Bolsa Família para 599,5 mil famílias de 55 municípios do Amazonas e o início, nos próximos dias, da dragagem no trecho do rio Amazonas conhecido como Tabocal, próximo à Itacoatiara (a 176 quilômetros da capital), por onde passam navios com insumos para a Zona Franca de Manaus.

“A reunião que a gente teve aqui foi muito positiva, muito produtiva para gente prestar contas daquilo que o estado do Amazonas tem feito junto com o Governo Federal e também dar outros encaminhamentos como o da dragagem”, avaliou Wilson Lima.

O governador do Amazonas também informou que o Governo Federal sinalizou que, a partir da próxima semana, libera os R$ 61 milhões anunciados no início do mês aos municípios que já apresentaram seus planos de trabalho para minimizar impactos da estiagem. Atualmente há 59 cidades em situação de emergência e uma em alerta, afetando 138 mil famílias, aproximadamente 557 mil pessoas.

O vice-presidente Alckmin, que esteve em Manaus e região metropolitana no último dia 4 de outubro verificando a situação do estado, também informou que já está em execução final o serviço de dragagem no rio Solimões, entre os municípios de Tabatinga e Benjamim Constant (a 1.108 e 1.121 quilômetros de Manaus, respectivamente), bem como a liberação de emendas parlamentares no valor de R$ 100 milhões, além de outros R$ 35 milhões do Fundo Amazônia voltados a ações de Defesa Civil.

“Foi uma reunião importante de trabalho que o presidente Lula pediu para que todos nós nos empenhássemos aqui rapidamente em ajudar”, resumiu Geraldo Alckmin, ao lado de Wilson Lima em vídeo gravado e publicado na internet. No encontro, o governador também informou que foi tratado sobre a questão BR-319 que, a pedido do vice-presidente, será avaliada para que se encontre uma solução com o menor impacto ambiental possível.

Entre os ministros do Governo Federal presentes na reunião estiveram Waldez Góes, (Integração e Desenvolvimento Regional); Silvio Costa Filho (Portos e Aeroportos); Rui Costa (Casa Civil); Alexandre Padilha (Relações Institucionais da Presidência da República); Wellington Dias (Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome); e Marina Silva (Meio Ambiente e Mudança do Clima).

Também estiveram presentes os senadores e deputados federais do Amazonas; o prefeito de Manaus, David Almeida; representantes de outros órgãos federais, como Ministério da Saúde, Secretarias Nacional de Proteção e Defesa Civil, de Comunicação Social da Presidência e de Atenção Especializada à Saúde/SAES, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes e Secretaria; além dos secretários estaduais Inês Carolina Simonetti (Relações Federativas e Internacionais), Eduardo Taveira (Meio Ambiente) e do Comandante Geral do Corpo de Bombeiros do Amazonas, coronel Orleilson Muniz.

Foto: Diego Peres / Secom

RELACIONADOS

Mais de 900 pessoas são beneficiadas por cursos e palestras do Detran-AM em Humaitá

Redação Am

Amazonas Band faz show gratuito nesta quarta-feira para marcar o lançamento do Amazonas Green Jazz Festival

Redação Am

Tricicleiros de Parintins são declarados Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado do Amazonas

Redação Am