Política Video

Vereadora do PSOL é calada por Venezuelano e vira deboche nas redes sociais. ” As vezes penso que Maduro é tão bacana”

No vigésimo primeiro episódio do quadro PRECONCEITO, do site/canal Spotniks, a vereadora foi escolhida para conversar com um venezuelano – claro, sem que ela o conhecesse e vice-versa.

De forma supreendente até mesmo para o venezuelano, a vereadora considera a Venezuela uma ditadura, mas não considera Nicolás Maduro um ditador.

Posta a definir o ditador – “ditador” é a palavra que define Maduro segundo o venezuelano – em uma só palavra, “complexo” foi a melhor escolhida entre um dicionário tão interessante que a vereadora mostra ter.

“Eu não consigo ter uma opinião formada, fechada, sobre este homem que às vezes penso ser bacana, e às vezes penso ser ditador, e aí eu não consigo o definir APENAS como um ditador bárbaro, cruel, que impõe a sua vontade sobre o povo ou alguém que está tentando, sei lá, não sei… Por isso, complexo.”

O venezuelano a questiona: “o que seria ‘positivo’ em Maduro?”

E Hilton responde: “eu penso, por exemplo, no opositor, o Guaidó. Aquele cara está tanto mais perto de um pensamento direitista, de um pensamento trumpista, de uma ideia completamente equivocada do que eu acredito como nação, como sociedade, do que o Maduro […]”

A rede social e não perdoou o posicionamento da vereadora. E não mediram esforços nos deboches contra a vereadora.

Assista a entrevista completa e sinta se envergonhado

Leia Também

Governador Wilson Lima anuncia construção de trecho do Igarapé do 40 e recuperação de sete parques do Prosamim

admin

Ausência de médicos no interior do Amazonas é questionada por Josué Neto

admin

Aras anuncia Lindora Araújo como nova coordenadora da Lava Jato na PGR e amplia grupo

admin