Portal Uno Midias
Cidade

Prefeitura substitui tubulação que há 40 anos foi instalada em trecho da avenida Brasil

Após 40 anos sem manutenção, a tubulação da rede de drenagem na avenida Brasil, no bairro Compensa, sentido bairro-centro, zona Oeste, começa a ser substituída por tubo de concreto pela Prefeitura de Manaus. A equipe da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) realiza, nesta sexta-feira, 14/1, os trabalhos no local.

“Montamos uma verdadeira operação de guerra”, afirmou o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta. As equipes da Seminf iniciaram a etapa de instalação da nova tubulação, em substituição ao tubo de armco, nesta manhã, mas precisaram paralisar os trabalhos por algumas horas devido a forte chuva. 

“Dependemos de um ponto crucial para iniciar a obra, que é o tempo. Infelizmente, mais uma vez, estamos frustrados por causa da chuva. O nível do igarapé vai subir e nós vamos precisar colocar uma retroescavadeira para fazer a remoção do tubo antigo e colocação das seis novas aduelas, que aqui estão”, disse Rotta.

“Estamos contando com a trégua da chuva para realizarmos mais uma ação emergencial, determinada pelo prefeito David Almeida”, assegurou o secretário.

Os trabalhos na área iniciaram em outubro do ano passado, quando as fortes chuvas sobrecarregaram o antigo sistema de drenagem, infiltraram a tubulação e a área desbarrancou. Uma residência desabou com o incidente e outra foi demolida.

A prefeitura fez a dragagem do igarapé e a contenção da erosão. A parte danificada foi removida. Os 30 homens envolvidos na operação contam com retroescavadeiras e um guindaste para a instalação de seis aduelas de concreto.

“Graças a Deus, esse problema grave está sendo resolvido. O maior medo da comunidade era isso desabar e acontecer o que aconteceu no dia da chuva de outubro, quando casas desabaram, e a água não ter para onde escoar e alagar mais ainda”, disse Cléber Pinheiro, de 44 anos.

Cléber mora há 20 anos no bairro e disse que o problema já havia sido comunicado à gestão anterior. “Oito anos depois de alarmarmos a prefeitura sobre os primeiros sinais de desastre, o problema vai ser resolvido”, relatou. 

O morador complementou que, no entorno desse igarapé, moram mais de 500 famílias. “Esse é o braço de um rio, não é esgoto, é o braço de um rio poluído. A água não para. Se esse bueiro ficar fechado, as casas vão ser alagadas”.

Interdição da via

Para dar celeridade à obra, o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) fez desvios no trânsito da avenida Brasil, no sentido bairro/Centro, nas imediações do Centro de Convivência da Família Magdalena Arce Daou, entre as ruas Dom Pedro e Professora Evangelina Brove.

A interdição inicia nesta sexta-feira, 14/1, e segue até o domingo, 16/1. Das 8h às 18h, a via permanecerá fechada para o trânsito.

As carretas e os caminhões serão desviados no cruzamento da avenida Brasil com avenida Compensa e, durante o período da interdição e contrafluxo, não será permitida a conversão à esquerda no sentido Centro/bairro, para acessar as ruas Artur Reis e Padre Francisco.

RELACIONADOS

Prefeitura realiza operação ‘Natal com Saúde’, com inspeções sanitárias em supermercados de Manaus

Redação Am

Prefeitura de Manaus realiza obras de manutenção e implantação de infraestrutura no bairro Compensa

Redação Am

Minivila olímpica do Santo Antônio recebe ações de limpeza e paisagismo

Redação Am