Portal Uno Midias
Cidade

Prefeitura fiscaliza comércio ilegal e reforça segurança em terminais de Manaus

Como parte das ações para garantir segurança alimentar e física aos trabalhadores e passageiros do sistema de transporte urbano, a Prefeitura de Manaus, por meio do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) e das secretarias municipais de Segurança Pública e Defesa Social (Semseg) e de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc), realizou, na noite desta terça-feira, 22/8, uma ação conjunta nos cinco terminais de ônibus da capital.

O trabalho das secretarias neste primeiro momento foi de orientação aos comerciantes que vendem de forma irregular alimentos dentro dos terminais, além de reforçar o patrulhamento preventivo com as rondas e abordagens com o objetivo de promover ações de proteção ao patrimônio público e dar assistência à comunidade que transita nos locais. Os trabalhos acontecem conjuntamente com a Guarda Municipal e a Polícia Militar do Amazonas.

De acordo com o diretor de Transportes do IMMU, Ednaldo Castro, a ação conjunta visa trazer maior ordenamento ao funcionamento dos espaços. “A Prefeitura de Manaus, preocupada com o bem-estar e segurança da população, estará intensificando esse tipo de fiscalização. As ações acontecem diuturnamente com reforço da Guarda Municipal com efetivo nas ruas e terminais de integração. A presença desses operadores de segurança pública já intimida a ação de criminosos nos coletivos”.

Após denúncia de usuários, um homem foi encaminhado ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP) após ser flagrado com dois celulares roubados durante as ações dentro do Terminal 2, localizado no bairro Cachoeirinha, zona Sul.

Além do reforço à segurança, técnicos da Semacc realizaram ações de orientação aos trabalhadores informais para que procurassem a regulamentação junto à secretaria e fossem realocados em locais propícios, principalmente a venda de alimentos perecíveis.

“Nós estamos neste momento fazendo a orientação dos trabalhadores informais, procurando ver pessoas que estão regulares e as que são irregulares, dando uma orientação para que procurem a Semacc para buscar a sua regularização, espaços regularizados dentro dos bairros ou praças da cidade, espaços que são administrados pela secretaria para que eles possam trabalhar numa atividade regularizada e em um espaço mais humanizado”, finalizou.

A permissionária Ana Alice aprovou o combate ao comércio ilegal dentro do espaço. “Para nós, é ótimo esse tipo de ação. Nós que estamos legalizados, trabalhamos todos dentro do padrão, temos responsabilidade com o espaço”, disse.

Além de estarem presentes nos cinco terminais de integração, os guardas municipais também atuarão em outros locais, como nos grandes corredores e nas principais avenidas, interligados com a questão do transporte coletivo, com patrulhando nas paradas de ônibus, onde, geralmente, os assaltantes também costumam abordar os usuários.

Texto e fotos – Divulgação / IMMU

CONTEÚDOS PATROCINADOS

RELACIONADOS

Ageman fiscaliza ações de melhorias no abastecimento de água do conjunto João Paulo II

Redação Am

Prefeitura de Manaus realiza mais uma entrega de cestas básicas em comunidade do rio Negro

Redação Am

Sindicato dos Rodoviários e Sinetram discutem reajuste salarial dos profissionais do transporte coletivo em encontro na sede do IMMU

Redação Am