Portal Uno Midias
Manaus

Prefeitura de Manaus  realiza capacitação dos conselheiros tutelares eleitos em 2023

A Escola de Serviço Público Municipal e Inclusão Socioeducacional (Espi), da Prefeitura de Manaus, deu início, nesta segunda-feira, 13/11, à primeira turma da “Formação para Conselheiros Tutelares e Suplentes”. O curso, dividido em duas turmas, está sendo realizado no auditório da Casa Militar, na avenida Compensa, n⁰ 770, Vila da Prata, zona Oeste da cidade.

A capacitação tem como objetivo apresentar as atribuições dos Conselheiros Tutelares,  abordando a dinâmica do sistema de garantias, marcos regulatórios da proteção integral e direitos de crianças e adolescentes.

“A Espi iniciou hoje a capacitação dos novos conselheiros tutelares entre titulares e suplentes, divididos em duas turmas, sendo a próxima no dia 27 de novembro. Ao todo, 120 pessoas estarão capacitadas para serem investidas no cargo de conselheiros tutelares escolhidos pela população, assumindo a grande responsabilidade na garantia e defesa da criança e do adolescente, conforme determina o Estatuto da Criança e do Adolescente. É de extrema importância para nossa sociedade”, ressaltou a diretora de Capacitação e Aperfeiçoamento da Espi, Jeânia Bezerra.

A iniciativa atende à demanda indicada pela Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) no Levantamento de Necessidade de Capacitação (LNC) para 2023, e está inserida na área temática “Gestão de Pessoas”. A formação busca o aprimoramento das competências gerenciais dos servidores da Prefeitura de Manaus.

O Conselho Tutelar é um órgão permanente e autônomo, vinculado à prefeitura, encarregado de zelar pela Garantia dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Composto por representantes escolhidos pela população, em eleição realizada no dia 1°/10, as turmas, com 120 novos membros entre titulares e suplentes, vão atuar durante o quadriênio 2024-2027, com a incumbência de aplicação do Princípio Constitucional da Prioridade Absoluta, conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

A formação está  dividida em dois módulos: teórico, ministrado pelo instrutor Inácio Guedes Borges, e prático com a instrutora Haidée Maria Chacon de Almeida, ambos experientes na capacitação técnica.

A iniciativa da Espi, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão  (Semad) e Semasc, em promover a formação dos Conselheiros Tutelares reflete o compromisso da Prefeitura de Manaus em assegurar o pleno desenvolvimento e proteção da infância e adolescência. 

“Ao capacitar esses profissionais, o curso contribui não apenas para a eficiência das equipes de trabalho, mas também para a eficácia na aplicação das políticas públicas voltadas para os direitos infantojuvenis. A Espi, por meio desse curso, reforça seu papel como agente de transformação e desenvolvimento socioeducacional na comunidade”,  finalizou Jeania.

— — —

Texto e fotos – Divulgação / Semad-Espi 

RELACIONADOS

Vídeos: dois homens morrem atropelados em calçada

João Alves

Em Parintins, Governo leva capacitação profissional em Elaboração de Projetos para Captação de Recursos Federais

Redação Am

Fórum em Manaus discute caminhos para a pacificação social

Redação