Portal Uno Midias
Cidade

Portuários de Manaus começaram a ser vacinados contra a Covid-19

Portuários que atuam em terminais da capital começaram a ser vacinados contra a Covid-19, nesta segunda-feira, 31/5. No posto de vacinação exclusivo, montado pela Prefeitura de Manaus, via Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) no porto de Manaus, na região central, 524 trabalhadores receberam a primeira dose no primeiro dia de atendimento. A vacinação segue ao longo da semana, com a meta de imunizar aproximadamente 2,1 mil pessoas. Além do porto de Manaus, haverá postos temporários nos portos Chibatão e Super Terminais, no bairro Colônia Oliveira Machado, zona Sul, alternando os locais de vacinação.

A titular da Semsa, Shádia Fraxe, acompanhou o início da vacinação no porto de Manaus, e reforçou a importância de imunizar os portuários que, assim como os aeroportuários, tiveram o atendimento antecipado por orientação do Ministério da Saúde (MS).

“Considerando a necessidade de controlar e monitorar a circulação da nova variante indiana do novo coronavírus e de outras possíveis variantes, o prefeito David Almeida atendeu de imediato a orientação de antecipar a proteção desses trabalhadores, que atuam em contato direto com cargas e passageiros de todo o mundo”, salientou a secretária.

O atendimento dos portuários está sendo feito de acordo com as listas nominais elaboradas pelas autoridades portuárias e cadastro na plataforma “Imuniza Manaus”. O cadastramento segue aberto. Para o registro basta acessar o https://imuniza.manaus.am.gov.br/, na opção Cadastro do Cidadão, onde deve escolher a categoria “Trabalhadores de Transporte”. O cadastro facilita o atendimento, mas não é obrigatório. Já o nome na lista é indispensável, porque confirma que o usuário atende aos critérios exigidos.

Arthur Luz, que trabalha há 3 anos no porto de Manaus, recebeu a primeira dose de AstraZeneca no final da manhã desta segunda-feira. Ele disse que já tinha feito o cadastro no “Imuniza Manaus” e estava aguardando a vez de ser vacinado.

“Não esperava para já. Estou muito feliz por estar tomando a primeira dose. Apesar disso, temos que tomar todos os cuidados e vamos aguardar a segunda para ficarmos imunizados e torcer para que todos sejam vacinados e a gente possa vencer essa pandemia”, disse.

Shádia frisou que a vacinação faz parte do conjunto de medidas definidas pelas equipes técnicas da Semsa, da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitárias (Anvisa), com o objetivo de reforçar o controle da entrada ou circulação da nova variante na capital e demais municípios amazonenses.

A gestora reforçou que em Manaus ainda não há registro da nova variante e que os órgãos de saúde estão agindo de forma preventiva. “Além da vacinação, será feito o trabalho de abordagem e testagem de 10% dos passageiros que desembarcam aqui, com o isolamento e monitoramentos dos casos positivos, se identificados”, pontua.

Os portuários e trabalhadores do transporte aéreo integram o 23º grupo prioritário elencado no Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 e a antecipação do atendimento foi anunciada no 19º Informe Técnico distribuído pelo MS no último dia 25.

A vacinação dos trabalhadores do transporte aéreo segue nos postos montados pela Semsa, no aeroporto internacional Eduardo Gomes. Desde o início do atendimento a esse grupo, na última sexta-feira, 28/5, foram vacinadas 1.569 pessoas, que atuam nos terminais aéreos. Os postos estão montados no piso superior do aeroporto e a vacinação também ocorre com o auxílio de listas nominais disponibilizadas pela Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero).

CONTEÚDOS PATROCINADOS

RELACIONADOS

Prefeitura realiza obras de revitalização no canteiro central do conjunto Belvedere

Redação Am

Prefeitura leva jogos e brincadeiras educativas a alunos de escola municipal da zona Sul

Redação Am

Prefeitura realiza abordagem social a famílias em situação de trabalho infantojuvenil

Redação Am