Portal Uno Midias
Plantão Policial

Polícia investiga uso de crânio humano em suposto ritual espiritual

A Polícia Civil de Minas Gerais cumpriu um mandado de busca e apreensão que integra uma operação intitulada de “Kefali” durante a manhã da terça-feira, 6, em uma residência em Contagem (MG), na região metropolitana de Belo Horizonte. A ação das forças de segurança investiga o uso de uma caveira humana durante um ritual em frente a um comércio por parte de uma ex-funcionária.

De acordo com as autoridades, foi recebida uma denúncia de que um suposto ritual espiritual havia sido realizado na porta de um estabelecimento com o uso de uma caveira humana. Segundo os donos do comércio, uma ex-empregada seria a responsável. A mulher teria efetuado a ação “mística” após um desacerto relacionado à rescisão de um vínculo trabalhista com a empresa.

A Polícia Civil divulgou que após uma análise das câmeras de vigilância do local, foi possível observar que o ritual teria sido praticado pela suspeita. O crânio utilizado para a “magia” foi encontrado próximo ao estabelecimento e passou por uma análise em que foi constatado que a ossada de fato pertencia a um ser humano. Na casa da investigada, foram apreendidos materiais e vestimentas ritualísticas, imagens de entidades e cordões.

As investigações estão a cargo da 6ª Delegacia de Polícia Civil em Contagem e são averiguados os delitos de subtração de cadáver, vilipêndio a corpo e ameaça.

istoé

CONTEÚDOS PATROCINADOS

RELACIONADOS

PMAM detém homem por tráfico de drogas, no Coroado

Redação Am

PC-AM divulga imagem de homem que desapareceu no São José Operário

Redação Am

Helicópteros, drones e 300 policiais atuam na busca por fugitivos

Redação