Portal Uno Midias
Cidade

Mais de 7 mil pessoas de 58 e 59 anos se vacinaram no primeiro dia de campanha para a população em geral

Mais de 7 mil pessoas de 58 e 59 anos foram vacinadas nesta quarta-feira, 2/5, dia em que a Prefeitura de Manaus abriu a campanha municipal de vacinação contra a Covid-19, para a população em geral, de 18 a 59 anos. O atendimento ocorreu em seis pontos de vacinação da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), onde o movimento foi intenso desde o início da manhã. O calendário segue com a vacinação, nesta quinta-feira, 3, das pessoas de 56 e 57 anos, e, na sexta-feira, 4, para aquelas que têm 55 anos.

A nova etapa da campanha foi iniciada por decisão do prefeito David Almeida, que seguiu a orientação do Ministério da Saúde aos municípios, para que avancem com a vacinação caso tenham alcançado os grupos de maior risco para formas graves da Covid-19. “Nós alcançamos esses grupos e, por este motivo, pudemos seguir, mostrando que temos realizado, desde janeiro, uma campanha célere e transparente, que é exemplo para o país”, observou David Almeida.

A decisão de abrir a vacinação para a população, com escalonamento por faixa etária, foi aprovada pela Comissão de Intergestores Bipartite (CIB). As doses utilizadas neste primeiro momento são do imunizante AstraZeneca, remanejadas de outros grupos.

A titular da Semsa acompanhou o trabalho de imunização em três pontos, verificando a movimentação e recomendando ajustes de distribuição dos fluxos, em função do grande movimento verificado neste primeiro dia da nova etapa da campanha. “Ficamos muito felizes com a adesão do público contemplado e estamos trabalhando para oferecer mais opções e conforto no acolhimento das pessoas”, disse. Além desses, a Semsa segue vacinando os remanescentes dos grupos anteriores e os que já estão no período de recebimento da segunda dose.

A estimativa da Semsa é que haja 47,8 mil pessoas ainda não vacinadas com idade entre 55 e 59 anos e a população de 18 a 59 anos, de acordo com dados do IBGE, é de 1.304.524 pessoas, sendo que 220,3 mil já foram vacinadas contra a Covid-19 em grupos prioritários anteriores.

Acesso

Para ser vacinado, o usuário deve fazer o cadastro no Imuniza Manaus (https://imuniza.manaus.am.gov.br/), escolhendo a opção “Cadastro do Cidadão”. O sistema fará o agendamento, informando dia, hora e local onde a pessoa será vacinada. O mesmo acontece para o recebimento da segunda dose. Para ter acesso aos dados de agendamento, basta acessar o botão “Consultar 1ª dose” ou “Consultar 2ª dose”.

Os documentos obrigatórios para garantir a vacinação são documento de identificação original, com foto, CPF e comprovante de residência (original e cópia), que demonstre que o usuário é morador de Manaus. A secretária destacou que a cópia do comprovante de residência é indispensável, uma vez que ela será retida para controle. “Durante a visita aos postos, verificamos que vários usuários estão esquecendo e sem a cópia não podemos vacinar”, informou.

O público de 55 a 59 anos está sendo agendado para um dos seis pontos de vacinação já tradicionais da Semsa, no horário das 9h às 16h: Centro Cultural dos Povos da Amazônia, Universidade Paulista (Unip), Clube do Trabalhador do Sesi/AM, Centro de Convenções de Manaus (sambódromo), supermercado Coema e balneário do Sesc/AM. 

Dois pontos de vacinação não estarão disponíveis para a população em geral: o do Centro de Convivência da Família Padre Pedro Vignola, na Cidade Nova, zona Norte, que é exclusivo para 1ª dose dos remanescentes dos grupos prioritários anteriores; e o da Escola de Enfermagem de Manaus, em Adrianópolis, zona Centro-Sul, exclusivo para 1ª dose dos remanescentes dos grupos de trabalhadores de saúde e forças de segurança.

Em todos os oito postos está sendo oferecida a segunda dose, para os que já estão aptos a completar o esquema vacinal. Os que receberam CoronaVac devem tomar a segunda dose apenas no Centro de Convenções de Manaus sambódromo). Nos demais postos, não há segunda dose de CoronaVac.

Rodoviários

Além do público de 55 a 59 anos, a Semsa dá início, no próximo sábado, 5/6, à vacinação dos trabalhadores de Transporte Coletivo Rodoviário de Passageiros (motoristas, cobradores e administradores de linha) e dos caminhoneiros, que também serão atendidos nos seis postos de vacinação da Semsa. Para se vacinar, esse público deve apresentar documento de identificação original, com foto e CPF, mais contracheque ou carteira de trabalho, no caso dos trabalhadores do transporte, ou Carteira Nacional de Habilitação (CNH) D ou E, no caso dos caminhoneiros.

Já na segunda-feira, 7, será iniciada a imunização dos funcionários e população do Sistema de Privação de Liberdade. O atendimento será nas próprias unidades e feita mediante listas nominais.

Calendário 

Quinta-feira, 3 – 56 e 57 anos

Sexta-feira, 4 – 55 anos

Documentos obrigatórios

Identidade original, com foto

CPF

Comprovante de residência (original e cópia)

Pontos de vacinação – 55 a 59 anos (geral)

Zona Norte

Estacionamento do supermercado Coema, avenida Torquato Tapajós, 5.890, Novo Israel, zona Norte

Zonas Sul e Centro-Sul

Centro Cultural dos Povos da Amazônia, avenida Silves, 2.222, Crespo

Universidade Paulista (Unip), avenida Mário Ypiranga Monteiro, 3.490, Parque 10 de Novembro

Zona Leste

Clube do Trabalhador do Sesi/AM, avenida Cosme Ferreira, 7.399, São José 1

Zona Oeste 

Balneário do Sesc/AM, avenida Constantinopla, 288, conjunto Campos Elíseos, Planalto

Centro de Convenções de Manaus (sambódromo), avenida Pedro Teixeira, 2.565, Dom Pedro.

CONTEÚDOS PATROCINADOS

RELACIONADOS

Mais de 164 mil alunos da rede municipal de ensino participam da ADE

Redação Am

Servidores da Prefeitura de Manaus recebem ação de saúde em alusão ao ‘Novembro Azul’

Redação Am

 ‘Saúde com Agente’ do RS avalia como positivas as ações da Prefeitura de Manaus na atenção básica

Redação Am