Portal Uno Midias
Cidade

Mais de 164 mil alunos da rede municipal de ensino participam da ADE

De forma escalonada e seguindo todos os protocolos de segurança contra a Covid-19, a Prefeitura de Manaus iniciou nesta segunda-feira, 14/6, a Avaliação de Desempenho do Estudante (ADE). Mais de 164 mil alunos da Secretaria Municipal de Educação (Semed), do 2º ao 9º ano do ensino fundamental e da Educação de Jovens e Adultos (EJA) 3ª e 4ª fase, farão a prova. As aplicações seguem até quinta-feira, 17.

A ADE é uma avaliação em larga escala, com foco nas habilidades e competências desenvolvidas pelos estudantes nos componentes curriculares de língua portuguesa e matemática. A ação é coordenada pela Divisão de Avaliação e Monitoramento (DAM) da Semed, que passa pelo monitoramento do Sistema de Avaliação do Desempenho Educacional de Manaus (Sadem), instituído pelo decreto municipal nº 3.113/ 2015, que reúne todas as avaliações de larga escala em nível institucional e nacional.

Este ano, 367 escolas participam da avaliação. De acordo com o chefe da DAM, Anézio Ferreira Mar Neto, a segunda prova acontece em outubro e é uma forma de contribuir para o desenvolvimento do ensino e aprendizagem do aluno.

“Nossa expectativa para este ano é contribuir com a aprendizagem dos nossos estudantes, por meio da aplicação da ADE. Com isso é possível verificar quais habilidades eles conseguiram desenvolver por meio do ensino remoto e também o que nós precisamos melhorar para atender nossos alunos, enquanto secretaria, escola, para intervir nesse processo de ensino aprendizagem”, explicou Anézio.

Referência

A escola municipal José Carlos Martins Mestrinho, na Vila Amazonas, zona Centro-Sul de Manaus, a primeira colocada no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) nos anos iniciais, teve a participação de mais de cem alunos no primeiro dia da prova, nos dois horários (matutino e vespertino). A unidade atende 218 estudantes do 2º ao 5º ano.

De acordo com a gestora da unidade de ensino, Vera Lina Aragão, a preparação para ADE foi trabalhada desde o início do ano letivo.

“Toda a nossa programação foi repassada aos alunos e pais, para que todos entendessem como funciona essa avaliação. Além disso, no nosso planejamento priorizamos a realização de simulados, para que os alunos estivessem realmente aptos para fazer a prova e aos pais incentivamos que trouxessem os filhos para que todos participassem”, informou Vera.

Para a professora Manuela Ramos Paes, a preparação para a avaliação vai além dos conteúdos.

“Mesmo com um ano atípico, onde tivemos pouco tempo de aula presencial e trabalhamos a maior parte de forma on-line, nós sempre trabalhamos em cima dos conteúdos da prova. Mas também explicamos como funciona a avaliação, como responder o cartão-resposta, a interpretar bem os textos e para isso é preciso manter a calma, porque nós sabemos que o nervosismo atrapalha muito nessas horas”, disse a educadora.

A aluna Maria Júlia Costa, 10, do 5º ano, sabe da importância da avaliação e disse que vai fazer tudo como a professora orientou. “É uma prova difícil, mas essencial para o meu futuro. Quero me concentrar bastante e seguir todos os conselhos que a professora me deu durante todo esse tempo, que é ler bastante até entender o texto e marcar as respostas somente quando tiver certeza”, comentou Maria.

Related posts

Prefeitura de Manaus alerta para locais de vacinação contra a Covid-19, nesta sexta-feira, 23/7

Redação Am

Prefeitura de Manaus oferece 29 pontos de vacinação contra a Covid-19 nesta sexta-feira, 6/8

Redação Am

Prefeitura fecha parceria com Agrosmart para desenvolvimento do agronegócio

Redação Am