Portal Uno Midias
Governo do Amazonas

Governo do Amazonas e Parceiros Brilhantes entregam cestas básicas em áreas alagadas de Manacapuru

Em ação humanitária de enfrentamento aos efeitos socioeconômicos da cheia histórica, o Governo do Amazonas, o projeto social Parceiros Brilhantes e a Associação Samaúma realizaram a entrega de 200 cestas básicas, além de água potável e materiais de higiene e limpeza, em áreas alagadas na sede de Manacapuru (a 68 quilômetros de Manaus). A atividade desta terça-feira (18/05), é uma determinação do governador Wilson Lima e foi liderada pela Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas).

Segundo a secretária Alessandra Campêlo, a ação foi realizada pelo governo e prefeitura, por meio das secretarias da área social (Seas e Semas) e Defesa Civil estadual e municipal. O objetivo é minimizar os impactos da enchente junto à população mais vulnerável. Essa foi a primeira ação do Governo do Estado com os Parceiros Brilhantes, instituição que também vai contemplar os municípios de Itacoatiara, Iranduba e Lábrea.

“Visitamos as áreas alagadas da cidade e estima-se que, no município inteiro, sejam mais de 30 mil pessoas atingidas e mais de 8 mil famílias. É uma situação difícil, porque Manacapuru foi um dos municípios mais atingidos pela Covid-19 e agora a gente entra nesse momento de pandemia social, onde as pessoas estão passando por necessidade e passando por essa emergência da cheia”, disse Alessandra.

Recursos – A secretária da Seas destacou a união de esforços do Executivo e do Legislativo, no sentido de trabalhar em conjunto para garantir a segurança alimentar e nutricional, diante dos quadros de pandemia e cheia histórica. Alessandra informou que já está em tramitação uma emenda indicada pelo deputado federal Marcelo Ramos, no valor de R$ 600 mil, para compra de cestas básicas, a serem distribuídas à população afetada pela enchente nos diversos municípios do estado.

“Logo entraremos com o Cartão Enchente e a determinação do governador Wilson Lima é exatamente essa, que a gente veja in loco e traga a ajuda emergencial. É momento de união, pois é muito difícil você chegar aqui e encontrar essas pessoas nessa situação. É algo que tem comovido todo o estado em torno dessa emergência”, disse a titular da Seas.

Gratidão – No bairro da Correnteza, a dona de casa Valdimira Vasconcelos é uma das centenas de pessoas afetadas pela cheia. Ela recebeu uma cesta básica durante a ação. “Agradeço muito a Deus por vocês terem se lembrado da gente. Nossa situação não é boa, pois muita gente na minha rua está com dificuldade de acesso, pois não tem ponte e nem tábua para construir”, disse.

A água do rio Solimões também tomou conta da residência da autônoma Mariluce de Souza, moradora da Correnteza. “Temos dificuldade em tudo aqui, a gente está sobrevivendo porque a minha mãe é aposentada. Agradeço muito a Deus por terem trazido cestas básicas, porque vai ajudar muito”, afirmou.

FOTOS: Miguel Almeida/Seas

CONTEÚDOS PATROCINADOS

RELACIONADOS

Espaços culturais do Governo do Amazonas promovem atividades diversificadas neste fim de semana

Redação Am

Wilson Lima entrega nova embarcação para Reserva de Desenvolvimento Sustentável do Uatumã

Redação Am

FPS entrega eletrodomésticos e materiais de informática para Associação Mãos Amigas

Redação Am