Portal Uno Midias
Saude

Fundação de Medicina Tropical forma 44 alunos em iniciação científica

A Fundação de Medicina Tropical Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), unidade vinculada à Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), forma a 21ª turma no Programa de Apoio à Iniciação Científica (Paic), com 44 alunos, neste ano, e mais trabalhos inscritos que no ano anterior. As apresentações acontecem hoje e amanhã (05 e 06/08).

O diretor de Ensino e Pesquisa da FMT-HVD, Dr. Wuelton Marcelo Monteiro, avalia que a maior procura pode estar relacionada ao contexto da Pandemia, com muito debate sobre o fazer científico e as notícias falsas, conhecidas como notícias falsas (fake news).

“Eu acho que depois que começou a pandemia da Covid, que é uma coisa que os jovens estudantes de graduação nunca imaginavam que iam viver isso durante o início de suas vidas acadêmicas, acabou que tanto a mídia, quanto o meio científico divulgando muito mais informações sobre ciência, o que é fazer ciência e o que não é ciência. Inclusive por causa das fake news. Eu acho que isso acabou chamando muito a atenção dos jovens, de ter mais interesse em saber o que é uma informação verdadeira, o que é uma evidência real e o que é uma informação falsa”. disse Monteiro.

Devido à Pandemia da Covid-19, o Congresso, onde os alunos apresentam seus trabalhos de iniciação à pesquisa, será restrito apenas aos alunos e orientadores. “Esta é nossa segunda edição com apresentações restritas. Apesar da pandemia, o cronograma inicial foi mantido. Os alunos conseguiram se adequar a essa realidade”, disse a coordenadora de Iniciação Científica, Dra Graça Saraiva.

As apresentações acontecem hoje e amanhã (05 e 06/08). Serão apresentados 44 projetos nas áreas de anatomia patológica, animais peçonhentos, Bacteriologia, Dermatologia, Doenças de Chagas, DST/Aids, Entomologia, Epidemiologia, Leishmaniose, Malária, Micologia, Parasitologia e Virologia.

O aluno Raillon Keven, que fez seu segundo ano de PAIC, destaca a importância do Programa para sua formação. “Foi uma experiência muito boa, aprendi muito sobre pesquisa clínica, pude ter contato com ótimos profissionais da área, foi uma experiência maravilhosa ter participado dessas duas edições”, disse Raillon.

A aluna Bruna Dutra destaca o conhecimento na realidade do fazer científico nacional. “Foi um amadurecimento científico. O contato com a pesquisa dentro da iniciação científica é muito importante para ver como funciona a pesquisa brasileira, apesar das dificuldades”, disse Bruna.

Paic – No ano de 2000, a FMT-HVD instituiu o primeiro programa de iniciação científica, destinado aos alunos de graduação, ofertando 26 bolsas pagas com recursos próprios. A partir de 2006, o programa passou a contar com o apoio financeiro da Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapeam), que financiou 100% das bolsas oferecidas pela FMT-HVD.

Em 20 anos de atividade, 705 estudantes receberam bolsas de iniciação científica ofertadas pela FMT-HVD e pela Fapeam, com 99% de implantação e conclusão, o que demonstra o interesse dos alunos das Ciências da Saúde e Ciências Biológicas no desenvolvimento de pesquisas, na instituição e no incremento da sua formação acadêmica.

O PAIC pode ser o primeiro passo para o estudante na carreira da pesquisa científica, destaca o diretor de Ensino e Pesquisa da FMT-HVD, Dr. Wuelton Marcelo Monteiro. “O objetivo principal da iniciação científica é que o aluno já chegue no mestrado ou doutorado com uma formação científica anterior. Ele já teve uma experiência convivendo com pesquisadores, com outros alunos de mestrado ou doutorado”, avaliou Wuelton. E acrescenta que essa vivência torna o aluno um melhor pesquisador.

“A nossa percepção é que após passar por uma iniciação científica, eles já chegam muito melhor preparados nos processos seletivos de mestrado. Isso certamente é considerado um diferencial, pois geralmente eles apresentarão melhor desempenho nas provas e entrevistas para a pós-graduação”, disse o pesquisador. 

FOTO: Divulgação/FMT-HVD

RELACIONADOS

Amazonas já aplicou 2.740.803 doses de vacina contra Covid-19, até esta quarta-feira (11/08)

Redação Am

Setembro Verde: SES-AM incentiva doação de órgãos e tecidos

Redação Am

Vigilância em Saúde do Amazonas alerta para importância de prevenção à leptospirose

Redação Am