Portal Uno Midias
Educação

Fuham realiza primeiro curso de baciloscopia à distância no Brasil, com uso de lâminas escaneadas

A Fundação Hospital Alfredo da Matta (Fuham) iniciou, nesta segunda-feira (22/11), o primeiro curso de baciloscopia em hanseníase do Brasil com uso de tecnologia de lâminas escaneadas (digitalizadas). 

Realizado na modalidade Educação à Distância (EAD), o curso está sendo ministrado para profissionais que atuam na área laboratorial, em estados da região Norte, responsáveis pelos exames – baciloscopia em hanseníase – que são complementares para o diagnóstico da doença.  

Fruto de um acordo de cooperação técnico-científica entre Fuham e o laboratório Control Lab (que está disponibilizando as lâminas digitalizadas para estudo), o curso EAD “Baciloscopia em hanseníase: microscopia e interpretação dos resultados”, faz parte da “Capacitação para Profissionais da Atenção Primária de Saúde em estados da região Norte”, do projeto Apeli – Ação para Eliminação da Hanseníase – coordenado pela Fuham.

A primeira turma está sendo ofertada para profissionais do estado de Rondônia e acontece de 22 a 26 de novembro, totalizando 40 horas.

Projeto Apeli – Em plena execução em municípios do estado do Amazonas, o Apeli prevê a intensificação das ações de combate à hanseníase, dentre elas atividades de capacitação para profissionais da saúde.  

O projeto original foi apresentado em 2019 ao Ministério da Saúde, que abraçou a ideia e estendeu a atividade de capacitação em hanseníase para profissionais da saúde, dos demais estados da região Norte. Com a pandemia de Covid-19, veio também a necessidade de repensar a atividade e o ensino à distância foi a alternativa escolhida, um desafio a mais para realização de um curso laboratorial. 

A execução da capacitação está sob responsabilidade da Fuham, em parceria com o Ministério da Saúde e a Universidade do Estado do Amazonas (UEA). Até o momento, módulos teóricos sobre diagnóstico e tratamento em hanseníase, reações e eventos adversos, prevenção de incapacidades físicas, estigma e preconceito já foram apresentados a cerca de 1.500 profissionais dos estados de Rondônia, Pará e Tocantins. Amapá, Roraima e Acre também devem participar.

O curso de baciloscopia em hanseníase, na modalidade EAD, é inédito no Brasil, sendo esta a primeira experiência em utilizar lâminas digitalizadas para a leitura microscópica de amostras colhidas de pacientes. Este é o 4º módulo da capacitação para os profissionais da região Norte e tem como público-alvo aqueles que atuam na área laboratorial.

RELACIONADOS

Enade 2021: inscrições vão até o dia 8 de agosto

Redação

Novo Ensino Médio: novas regras vão começar de forma progressiva no AM

João Alves

Prazo para matrícula no Sisu termina segunda-feira

Jamil Maciel