Portal Uno Midias
Cidade

David Almeida e Marcos Rotta vistoriam áreas atendidas pelo Promindu em Manaus

O prefeito David Almeida e o vice-prefeito e secretário municipal de Infraestrutura, Marcos Rotta, realizaram na manhã desta sexta-feira, 6/8, uma visita técnica em áreas atendidas pelo Programa de Recuperação Ambiental e Requalificação Social e Urbanística do Igarapé do Mindu (Promindu), desenvolvido pela Prefeitura de Manaus, e que atinge toda a extensão do igarapé.

“Esta é uma importante iniciativa para, além de preservar as áreas ao longo do Mindu, garantir urbanização em nossa cidade, porém hoje, nós enfrentamos muita dificuldade com construções irregulares em diversos pontos, muitos deles já desapropriados, inclusive. Estamos aqui para iniciar um grande planejamento, para que possamos otimizar nossas ações em relação a esse projeto”, disse David Almeida.

O Promindu é executado pela Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), por meio da Unidade Executora do Programa de Infraestrutura Urbana e Ambiental de Manaus (UEP/ Seminf). O programa surgiu após as alegações ocorridas em 2007, onde centenas de famílias das comunidades próximas foram prejudicadas com a inundação, mas a obra só teve andamento em 2010, a partir de investimentos no valor de R$ 200 milhões em desapropriações.

O manejo das águas urbanas contempla ações para instalar e implantar soluções ambientais corretas na área da bacia do igarapé do Mindu, interrompendo um ciclo de vários anos de ocupação irregular em áreas de preservação permanente.

“Aqui, por meio deste projeto, estamos construindo o primeiro Reservatório de Amortecimento de Águas Pluviais da capital amazonense, com a capacidade de reter aproximadamente 30 mil metros cúbicos de água. O equipamento faz parte do conjunto de obras de macrodrenagem da gestão do prefeito David Almeida e por mim”, disse Rotta.

O equipamento, chamado de reservatório para controle de cheias, terá a capacidade para reter parte do escoamento superficial gerado durante a chuva, para depois fazer sua devolução de forma lenta e gradual aos leitos dos córregos e rios, atenuando as cheias. É uma estrutura utilizada para acumular, de forma temporária, as águas pluviais e tem a função de amortecer as vazões de cheias e reduzir os riscos de inundações.

Meio Ambiente

Dando continuidade às intervenções ambientais nos parques municipais e unidades de conservação da cidade, a Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), iniciou neste mês, os trabalhos de manutenção no parque Linear 2 (que compreende o trecho da rua João Câmara até a avenida Autaz Mirim), na Área de Preservação Permanente (APP) do igarapé do Mindu, no bairro Novo Aleixo, zona Leste.

Com as ações regulares de conservação e os tratos culturais necessários para o desenvolvimento das mudas, já é possível observar árvores jovens em pleno crescimento, alterando totalmente a paisagem outrora desprovida de vegetação e com solo completamente exposto.

RELACIONADOS

Prefeitura de Manaus conclui calendário de vacinação de trabalhadores da Educação nesta terça-feira

Redação Am

Prefeitura realiza limpeza do kartódromo de Manaus

Redação Am

Parque Cidade da Criança começa a ser revitalizado pela prefeitura

Redação Am