Portal Uno Midias
Esportes

Atlético-MG empata com Palmeiras, mas mantém vantagem no topo

Foto: Divulgação

Líder do Brasileirão esteve atrás no placar duas vezes, mas conseguiu o 2 a 2, nesta terça-feira, fora de casa, no Allianz Parque

O torcedor do Atlético-MG já está na contagem regressiva para soltar o grito de “é campeão” do Brasileiro. Só não contava com o empate desta terça-feira (23), por 2 a 2, contra os reservas do Palmeiras, no Allianz Parque, em São Paulo, na abertura da 35ª rodada. O resultado impede que o Galo comemore o título já neste fim de semana, enquanto o Verdão vai empolgado para a decisão da Libertadores.

Apesar do placar, a equipe do técnico Cuca segue com oito pontos de vantagem para o vice-líder Flamengo (75 a 67 pontos), que empatou contra o Grêmio, em jogo atrasado da segunda rodada. O Palmeiras é o terceiro colocado, com 59 pontos.

Mas o Palmeiras agora não quer nem ouvir falar em Brasileirão. O time embarca na manhã desta quarta, para Montevidéu, onde enfrentará o Flamengo, no sábado, pela final da Libertadores. Na volta, três dias depois, terá pela frente o confronto contra o Cuiabá, na Arena Pantanal. Já o próximo compromisso do Atlético-MG pela competição nacional será contra o Fluminense, no domingo, no Mineirão.

Quem buscava se aproximar ainda mais do título, sofreu um susto aos 27 minutos da primeira etapa. Wesley recebeu passe de Gabriel Veron, deixou Guga no chão e chutou no canto de Everson para abrir o placar para os palmeirenses. A resposta dos atleticanos veio oito minutos depois, com Zaracho. O meia aproveitou o rebote de Jailson e apareceu livre para empatar.

O segundo tempo, no entanto, se manteve em altíssima intensidade. Aos 8 minutos, a arbitragem marcou toque de mão de Junior Alonso no chute de Danilo Barbosa. Depois da tradicional longa revisão no VAR, Patrick de Paula foi para a cobrança, mas Everson defendeu. Acontece que na cobrança de escanteio, logo no lance seguinte, o goleiro não achou nada no cruzamento e Deyverson marcou aos 11 minutos.

A torcida atleticana, presente em bom número no estádio na capital paulista, começava a ficar mais apreensiva. Hulk, logo aos 15 minutos, tratou de empatar e decretar pelo menos mais um ponto na briga pelo título. O atacante aproveitou a sobra da zaga e chutou sem chances para o goleiro Jaílson. Foi o 15º gol do camisa 7 na competição.

Palmeiras x Atlético-MG

Data: 23 de novembro de 2021, terça-feira;
Horário: 21h30 (de Brasília);
Local: Allianz Parque, em São Paulo-SP
Árbitro: Anderson Daronco – FIFA/RS
Assistentes: Rafael da Silva Alves – FIFA/RS e Michael Stanislau – RS
VAR: Jean Pierre Gonçalves Lima – RS, Lucio Beiersdorf Flor – RS e George Alves Feitoza – AL

Gols: Wesley (27’/1ºT)(1-0), Zaracho (36’/1ºT)(1-1), Deyverson (11’/2ºT)(2-1) e Hulk (16’/2ºT)
Cartões Amarelos: Marcos Rocha, Renan, Gabriel Menino e Deyverson (PAL) Diego Costa, Júnior Alonso e Nacho (CAM)

PALMEIRAS
Jailson; Marcos Rocha, Kuscevic, Renan e Jorge (Victor Luis, aos 28’/2ºT); Danilo Barbosa, Gabriel Menino (Matheus Fernandes, aos 28’/2ºT) e Patrick de Paula; Gabriel Veron (Breno Lopes, aos 28’/2ºT), Wesley (Willian, aos 32’/2ºT) e Deyverson. Técnico: João Martins.

ATLÉTICO-MG
Éverson; Guga (Mariano, aos 15’/2ºT), Nathan Silva, Junior Alonso e Guilherme Arana; Jair (Eduardo Vargas, aos 15’/2ºT), Allan, e Zaracho (Sasha, aos 43’/2ºT); Nacho (Tchê Tchê, aos 28’/2ºT), Hulk e Diego Costa (Keno, no Intervalo). Técnico: Cuca.

Fonte: R7

Foto: Divulgação

RELACIONADOS

Final da Copa América, encontro de Gigantes do futebol.

Redação

Jogo entre Brasil e Uruguai terá público limitado à 30% da Arena da Amazônia

João Alves

Dany Bananinha acende vela para Marília Mendonça e altar pega fogo: “Estou chocada”

Jamil Maciel