Amazonas

Wilson Lima vai ampliar Programa Água Boa para alcançar mais 800 mil pessoas com água potável no interior

O governador Wilson Lima se reuniu, na manhã desta quarta-feira (18/11), com a direção da Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama) e de mais 14 órgãos do Governo do Estado, além do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), para alinhar estratégias de fortalecimento das ações de saneamento e tratamento de água no interior, durante o ano de 2021.

Entre as metas está a ampliação do Programa Água Boa, que prevê, até dezembro do próximo ano, a instalação de 160 sistemas alternativos e coletivos simplificados de coleta e tratamento de água em comunidades rurais e ribeirinhas. O sistema tem baixo custo e fácil manutenção, permitindo a entrega de água de qualidade para a população.

A ação vai beneficiar cerca de 800 mil pessoas nas regiões dos rios Negro, Solimões, Médio e Baixo Amazonas, Juruá e Purus. Somente na primeira fase do projeto, serão investidos R$ 4 milhões em recursos do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS).

“Essa é uma prioridade nossa, e é por isso que eu chamei aqui todo o meu secretariado envolvido nesse projeto para pedir o empenho e o compromisso de todos eles, para que a gente possa, daqui a quatro, cinco anos, apresentar esses resultados para melhoria da qualidade de vida das pessoas no interior, no Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)” disse o governador.

De acordo com Wilson Lima, o trabalho de modernização e fortalecimento da Cosama, iniciado pela atual gestão em 2019, é fundamental para levar um serviço tão essencial à população que mais precisa.

“Eu tenho visitado muito o interior e tenho visto a dificuldade que é, e é inaceitável que, no momento que a gente está vivendo, na evolução em que a gente está, sobretudo na evolução científica, tecnológica, a gente ainda tenha dificuldade pra levar água para pessoas em municípios como Atalaia do Norte, Japurá, municípios que têm IDH baixíssimo. E a gente tem a oportunidade de fazer a transformação na vida dessas pessoas. A questão de saneamento básico é definitiva, é essencial na vida das pessoas”, acrescentou.

Investimento – Segundo o diretor-presidente da Cosama, Armando do Valle, a integração entre órgãos estaduais e parceiros é importante para permitir que os moradores do interior tenham cada vez mais acesso à água de qualidade.

“O Programa Água Boa é um projeto que o governador idealizou, buscando, antes de tudo, entender que as pessoas que moram mais longe precisam ter dignidade. Ele busca também restabelecer uma coisa que foi abandonada há 19 anos, que é o investimento na Cosama. Esse investimento em torno de R$ 4 milhões vai favorecer, principalmente, essas cidades mais carentes do estado”, afirmou.

Mais avanços – Outra meta da Cosama para 2021 é assumir o abastecimento de água em pelo menos mais 20 municípios do interior, além dos 14 atendidos atualmente, beneficiando aproximadamente 500 mil pessoas.

A Companhia também trabalha para implantar outros programas, como a parametrização das ações de cobrança, a automatização em todas as unidades, além da implantação do sistema de credenciamento de agentes arrecadadores.

Integração – A reunião de alinhamento contou com a participação de secretários e representantes das pastas de Infraestrutura e Região Metropolitana de Manaus (Seinfra), Assistência Social (Seas), Meio Ambiente (Sema), Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Comunicação Social (Secom), Educação e Desporto (Seduc) e Saúde (SES-AM), além de Defesa Civil, Casa Civil, Casa Militar, Unidade Integrada de Articulação às Comunidades (UIAC), FPS, Unidade de Gestão Integrada (UGI) e Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável (Idam), e da chefe do escritório do Unicef em Manaus, Débora Nadja Madeira.

Também estiverem presentes os gerentes das agências da Cosama nos 14 municípios onde a Companhia atua: Alvarães, Atalaia do Norte, Autazes, Benjamin Constant, Carauari, Careiro da Várzea, Codajás, Eirunepé, Itamarati, Juruá, Manaquiri, São Paulo de Olivença, Tabatinga e Nova Olinda do Norte.

FOTOS: Diego Peres/Secom

Leia Também

Defensoria obtém liminar que determina religação de energia em casa de jovem autista, em Manaus

Redação

Amazonastur intensifica ações para ordenamento do turismo no feriado prolongado

Redação

Educadoras da rede estadual relatam superação com a profissão

Victoria Farias