Amazonas

Reforma e ampliação do núcleo de equoterapia da PM beneficiam pacientes e famílias

Novas instalações do projeto foram inauguradas pelo Governo do Amazonas nesta terça-feira (03/11)

O Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), do Governo do Estado, inaugurou, nesta terça-feira (03), as instalações do núcleo de equoterapia da Polícia Militar do Amazonas (PMAM). A obra, que contou com investimento de R$ 2.828.279,86, vai beneficiar as famílias atendidas pelo projeto, que recebe pacientes com paralisia cerebral, autismo, hiperatividade, deficiência auditiva, síndromes de Down, de Asperger e de West, entre outras, para aplicação de método terapêutico e educacional com o uso de cavalos.

A obra contemplou a ampliação de quatro edificações, sendo um galpão principal que será usado como picadeiro, o prédio da administração, o galpão usado como depósito e um galpão menor destinado à esterqueira. O galpão principal contará com arquibancada para os pais, responsáveis das crianças e demais participantes da terapia, além de área coberta com material apropriado para a equitação, aumentando a capacidade de recebimento de novos participantes da terapia.

Mãe de Yuri Alejandro, de 14 anos, a advogada Keila Nascimento conta sobre o avanço da recuperação de seu filho, que sofre de paralisia cerebral, atraso no desenvolvimento e epilepsia.

“Há cerca de dois anos, meu filho teve um avanço significativo em sua coordenação motora e na interação com a família, amigos e vizinhos. A equoterapia mudou muito a vida de Yuri, e por este motivo sou eternamente grata a toda a equipe do Regimento de Policiamento Montado da Polícia Militar e ao Governo do Estado por incentivar e oferecer este tipo de serviço para a sociedade”, declarou.

O subcomandante do Regimento da Cavalaria, capitão Queiroz, destacou os projetos sociais desenvolvidos pelo Governo do Estado, por meio da PMAM, em especial o da equoterapia.

“O núcleo existe aproximadamente há 30 anos, e em torno de mil pessoas passaram por esta atividade terapêutica, possibilitando uma readaptação e suporte para que elas tenham uma melhor qualidade de vida”, afirma o subcomandante.

Serviço

Atualmente, o setor de equoterapia funciona como núcleo no Regimento de Policiamento Montado, a partir da nova divisão funcional na unidade. E, depois de 14 anos oferecendo este serviço à população amazonense, em 27 de julho de 2006, o Núcleo de Equoterapia do Regimento foi filiado à Associação Nacional de Desporto para Deficientes (Ande), responsável por nortear todas as equoterapias do Brasil. O Núcleo é o único centro do estado do Amazonas filiado com 29 anos de serviço prestado à sociedade.

“A equoterapia de fato é uma atividade muito importante na vida dessas pessoas que recebem esperança e qualidade de vida. Com essa obra ampliada pelo Governo do Estado, por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza, o número de atendimentos irá triplicar”, destaca a secretária executiva do FPS, Kathelen Santos.

O governador Wilson Lima, que inaugurou a obra na manhã de ontem, afirma que a iniciativa é resultado de muito esforço que o Governo do Estado tem feito em priorizar aquilo que é importante e essencial.

“Esse é um momento muito especial e muito emocionante para nós, para os profissionais, familiares e, em especial, para essas crianças, jovens e adultos que chegaram aqui com limitações em seus movimentos. Hoje, tendo a oportunidade de acompanhar esta evolução e mudança de vida ao vê-los cavalgando, fazendo manobras, saltando e recuperando suas mobilidades, é algo que não tem preço e que me realiza muito enquanto cidadão e como ser humano”.

Tratamento 

A terapia atende hoje aproximadamente 60 pessoas, entre crianças, adolescentes e adultos, e é realizada uma vez por semana, com duração de 30 minutos, envolvendo equinos devidamente adestrados e instrutores, que possuem uma abordagem interdisciplinar nas áreas de saúde, educação e equitação.

O método busca estimular o desenvolvimento biopsicossocial de crianças, jovens e adultos com necessidades especiais, dentre elas a paralisia cerebral, o autismo, a hiperatividade, a deficiência auditiva, e as síndromes de Down, de Asperger e de West, entre outras.

Para ser inserido no programa, inicialmente o interessado deve ter a indicação médica por escrito. Com este documento em mãos, entrará em contato com o Núcleo de Equoterapia, levando também os documentos pessoais e do responsável.

As instalações prediais destinadas à prática de equoterapia do Regimento de Policiamento Montado da Polícia Militar do Amazonas estão localizadas na avenida Tiradentes, esquina com a rua Manoel de Nóbrega, no conjunto Dom Pedro I, zona centro-oeste de Manaus.

Parceria 

Para a execução da obra de reforma e ampliação do núcleo de equoterapia da PMAM, foi realizado repasse no valor de R$ 2.828.279,86 pelo FPS, proveniente de parceria entre a Seinfra e o Fundo. A ação articulada tem como objetivo garantir a qualidade de vida de pessoas com necessidades especiais.

FPS 

O Governo do Amazonas, por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza, seleciona, custeia e monitora projetos geradores de trabalho, renda e autossustentação que garantam a inclusão social de dependentes de substâncias psicoativas, pessoas com deficiência, idosos, crianças e adolescentes e o setor primário.

Leia Também

Cooperação entre Governos do Amazonas e do Acre prevê a construção de estradas que interligam os estados

Victoria Farias

Em dois dias, CIF fecha cinco estabelecimentos e autua outros oito

Redação

Dia do Professor: A rotina de quem usa a Educação para transformar vidas em unidades prisionais do AM

Redação