Internacional

Presidente do Peru renuncia cinco dias após assumir cargo

O presidente interino do Peru, Manuel Merino, renunciou ao cargo neste domingo (15), cinco dias após assumir a função. Merino vinha sendo pressionado para sair do poder após uma intensa série de protestos por causa da destituição do presidente eleito Martín Vizacarra, no dia 9.

Neste sábado (14), duas pessoas morreram durante uma violenta manifestação na capital Lima. Por causa do episódio, 13 dos 18 ministros deixaram o governo recém-formado.

Antes de ascender à presidência, Merino era líder do Congresso do Peru.

Martín Vizcarra foi deposto há menos de uma semana, acusado de receber propina enquanto ainda era governador da região de Moquegua (2011-2014).

Em uma votação plenária que terminou com placar de 105 votos a favor da cassação – eram necessários 87 -, os parlamentares decidiram que Vizcarra é “moralmente incapaz” de ocupar o posto.

Leia Também

Ministro venezuelano é boicotado durante discurso na ONU

admin

Crise na Venezuela faz mortalidade infantil aumentar 30,12% em um ano.

admin

Polícia mata suspeitos de estupro coletivo durante reconstituição de crime

admin