Amazonas

Presidente do Detran-AM prospecta recursos federais, em Brasília, para o programa de Interiorização do Trânsito no Amazonas

Aproveitando a ida a Brasília para participar do Encontro Nacional dos Detrans, o diretor-presidente do Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM), Rodrigo de Sá Barbosa, esteve com parlamentares da bancada amazonense. Ele foi apresentar o “Programa de Interiorização do Trânsito no Amazonas” (Pitram) e tentar obter recursos federais para apoiar as ações propostas.


A primeira parada foi no Senado Federal, com o senador Omar Aziz (PSD), presidente da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE). O parlamentar que, além de já ter sido governador do Amazonas, também foi secretário de Segurança Pública e recebeu com entusiasmo o programa do Detran-AM.


“Eu vou me reunir com a bancada para tentar ajudar na destinação de recursos para esse programa, principalmente pela carência em nosso interior, onde a maioria dos condutores não possuem habilitação”, prometeu Aziz.


Do Senado, o diretor-presidente do Detran-AM seguiu para a Câmara dos Deputados, onde esteve com o deputado federal Marcelo Ramos (PL). O parlamentar também prometeu se empenhar na obtenção de recursos federais para a implementação do programa. “Eu vejo com bons olhos esse programa. Acho que é possível obtermos recursos, principalmente para a aquisição de veículos adaptados para os PCDs (Pessoas com Deficiências)”, disse Ramos.

O diretor-presidente do Detran-AM ainda esteve com os assessores do deputado federal Capitão Alberto Neto, do Republicanos, que ainda estava em Manaus.


O programa – A aquisição de veículos adaptados para as pessoas com deficiência realizarem as aulas e os exames práticos de direção é apenas um dos projetos inseridos no Programa de Interiorização do Trânsito no Amazonas.


O programa traz oito projetos que vão impactar não só as pessoas em Manaus, mas, principalmente, no interior do estado, dentre eles, a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) social e a Escola Pública de Trânsito (EPT).


“Só com o projeto da CNH social nós pretendemos atingir mais de 20 mil pessoas em dois anos. Isso é dar cidadania àquelas pessoas de baixa renda que, notadamente, não têm dinheiro para tirar sua carteira de habilitação”, defendeu o diretor-presidente do Detran-AM.


Os projetos contidos no programa irão atender as áreas de sinalização viária, educação de trânsito, processo de formação gratuita de novos condutores e processos de qualificação de condutores profissionais, como mototaxistas e motofretistas.


Mototaxistas – Um dos projetos inseridos no Pitram e que depende apenas da aprovação de um Projeto de Lei do Governo do Estado, o qual será enviado à Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), prevê a capacitação de mototaxistas e motofretistas de forma totalmente gratuita.


Atualmente, essa capacitação custa R$ 220, mas praticamente nenhum condutor, no interior do estado, que atua sobre duas rodas possui o curso de mototaxista ou motofretista.


Além da CNH social e dos cursos gratuitos de capacitação para esses profissionais, o Governo do Estado, por meio do Detran-AM, pretende contemplá-los com coletes e capacetes. Parte dos recursos para obter esses equipamentos de segurança seria oriunda de emendas parlamentares federais.


“A realidade de nosso interior é que quase todas as pessoas que trabalham como mototaxista ou fazendo entregas nem CNH possuem. Além disso, o uso de equipamentos de segurança por motociclistas, nos municípios, é muito baixo. Por isso, quando nós levamos esse programa ao governador Wilson Lima, ele abraçou a ideia para que o Estado, por meio do Detran Amazonas, leve cidadania ao nosso interior e, principalmente, promova a segurança no trânsito, salvando vidas”, afirmou Rodrigo de Sá Barbosa.

FOTOS: Divulgação/Detran-AM

Leia Também

Alunos da rede estadual participam de oficina sobre mapeamento mental

Victoria Farias

Conselho Estadual do Trabalho aprova por unanimidade Plano de Ação do Sine Amazonas

Victoria Farias

Governo do Estado conclui obra no sistema viário da sede do município de São Sebastião do Uatumã

Victoria Farias