Brasil Geral

PM mata namorada com tiro na boca após sequestro em universidade no RJ

Um policial militar assassinou a namorada com um tiro na boca, nesta sexta-feira (27), após mantê-la refém dentro de um carro, no estacionamento do campus do Centro Universitário de Valença, no Sul do Rio de Janeiro. O sequestro durou cerca de duas horas e meia.

Janitom Celso Rosa Amorim chegou ao local em que a vítima, Mayara Pereira de Oliveira Fernandes, de 31 anos, estudava um curso de pós-graduação em odontologia. Seguranças da instituição afirmaram que viram os dois dentro de um carro, discutindo, quando notaram que o homem estava armado. Foi então que acionaram a polícia.

Os policiais tentaram negociar a libertação da vítima por quase 3 horas, até que Janitom efetuou o disparo. Ele foi imobilizado por policiais logo em seguida e algemado. Mayara foi socorrida por uma ambulância do Samu e encaminhada para um hospital local, mas não resistiu aos ferimentos.

Janitom deverá responder pelo crime nas esferas civil e militar.

Leia Também

Em novo vídeo, desembargador ameaça outro guarda: ‘Vão ter problema’

admin

Carapaça de tatu gigante pré-histórico é localizada no Uruguai Gliptodonte viveu há 16 mil anos, era herbívoro e terrestre

admin

PF apura venda irregular de vacina contra a covid-19 em Niterói

Barbara Nascimento