Justiça

MP denuncia pais de adolescente suspeita de atirar e matar amiga

Os pais da adolescente R.C, acusada de matar a jovem Isabele Guimarães com um tiro no rosto, em julho deste ano, foram denunciados na sexta-feira (6) pelo Ministério Público do Mato Grosso e vão responder pelo crime de homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

Pelo crime, que aconteceu no condomínio de luxo Alphaville, em Cuiabá, capital do estado, o empresário Marcelo Cestari e a esposa dele Gaby Soares Cestari, foram denunciados por homicídio culposo, entrega de arma de fogo a menor, fraude processual e corrupção de menores. Marcelo também responderá sozinho por posse ilegal de arma de fogo.

Na denúncia, assinada pelo promotor Milton Pereira Merquiades e encaminhada para a 8ª Vara Criminal de Cuiabá, o representante do MP diz que Marcelo e Gaby foram omissos e, por isso, culposamente causaram a morte da adolescente.

O promotor ainda narra que, mesmo vendo armas na mão de adolescentes, Marcelo e Gaby “nada fizeram para interrompê-la [a passagem da arma entre os jovens], parecendo tudo muito normal, como se os adolescentes estivessem ali reunidos utilizando seus respectivos tablets e smartphones”.

O Ministério Público narra ainda que Marcelo foi negligente também ao mandar a filha guardar, no andar superior, as armas que o namorado dela havia levado à residência.

Leia Também

Bolsonaro nunca pediu informações de inquéritos, diz ex-diretor da PF

admin

Mais uma derrota já pode pedir música na grobo: Xuxa tem novo pedido negado pela justiça contra sikeira Jr

Junior Ferreira

Ministro do STJ indefere pedido para soltura de 80 presas no Amazonas

admin