Internacional

Morreu de leucemia e agora está a caminho de se tornar ‘santo adolescente’ da Igreja Católica

Jovem e “normal”. Nas duas imagens — uma fotografia e uma ilustração — que devem constar do livreto tradicionalmente distribuído pelo Vaticano aos participantes de missas de beatificação e canonização, Carlo Acutis aparece sorridente e trajando uma camisa polo.

Na primeira, carrega uma mochila às costas: é uma foto comum, dessas que poderiam ser a de seu perfil nas redes sociais.

Morto em 2006, aos 15 anos, vítima de leucemia, esse italiano de classe média-alta nascido na Inglaterra deve ser reconhecido, em cerimônia marcada para o sábado (10/10), como beato — um passo importante no processo, muitas vezes longo, adotado pelo Vaticano para declarar a santidade de alguém.

Acutis nasceu em Londres porque era lá que seus pais, italianos, estavam trabalhando. Com poucos meses de idade, a família se transferiu para Milão, na Itália.

Leia essa matéria completa em https://www.bbc.com/portuguese/geral-54484293

Leia Também

Estados Unidos oferecem US$ 15 milhões pela captura do Ditador Nicolás Maduro

admin

Príncipe herdeiro dos Emirados Árabes é achado morto em Londres. Sexo e drogas fazia parte da vida de Sheik Khalid

admin

Jornalistas brancos são proibidos de entrar em evento de campanha nos EUA

admin