Cidadania

Mais de 70 organizações sociais aderem ao terceiro Edital de Fomento do Fundo Manaus Solidária

O total de 75 Organizações da Sociedade Civil (OSCs) aderiram ao terceiro Edital de Fomento da Prefeitura de Manaus, cujas inscrições terminaram nesta segunda-feira, 5/10. Coordenado pelo Fundo Manaus Solidária, a abertura dos envelopes com as propostas dos projetos submetidos ao edital será realizada nesta terça-feira, 6/10, às 9h30, no auditório Isabel Victoria de Mattos Pereira do Carmo Ribeiro, na sede da prefeitura, bairro Compensa, zona Oeste.

“Para nós, é uma grande satisfação a adesão das organizações ao nosso Edital de Fomento. Já estamos na terceira edição e recebemos um número significativo de inscrições, resultado da credibilidade que o Fundo Manaus Solidária tem imprimido junto à sociedade. Por isso, temos muito a agradecer a todos que acreditam em nossas ações e têm o desejo de consolidar essa parceria tão importante para as pessoas mais vulneráveis”, destacou a presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro.

Com um valor global de R$ 7 milhões, o chamamento irá contemplar propostas de até R$ 200 mil. Os projetos devem ser executados num prazo de até 11 meses. A Prefeitura de Manaus, por meio do Fundo Manaus Solidária, já destinou mais de R$ 18 milhões de recursos, via editais de fomento, para organizações sociais. As OSCs apresentaram projetos que possuem atividades nas áreas de capacitação e geração de renda, promoção da inclusão social e defesa dos direitos humanos.

Capacitação

Uma das organizações sociais que submeteram projetos ao terceiro edital de fomento foi o Pró-Menor Dom Bosco. Com o projeto “Jovem Aprendiz – Capacitar para Transformar”, os representantes da organização esperam poder contar com o fomento para dar continuidade ao atendimento a mais de 400 jovens.

“Temos a missão de capacitar e inserir o jovem no mercado de trabalho. Nosso público vem de famílias em situação de vulnerabilidade e, por isso, necessitamos de recursos para realizar esse trabalho. Com o fomento, poderemos continuar oferecendo assistência aos jovens que já atendemos, além de expandir nossas atividades”, informa Valzelene Torres, assistente social da entidade.

Também na área de capacitação e geração de emprego e renda, o Instituto Criarte do Amazonas apresentou proposta para participar do edital pela primeira vez. “Desde 2019, oferecemos capacitação a nossos associados, para que eles possam ter maiores chances no mercado de trabalho. Contamos com cursos de embelezamento e artesanato voltados para mulheres, pois identificamos que elas sofrem mais com a falta de oportunidade. Por meio da parceria, poderemos ampliar ainda mais o nosso projeto e oferecer cursos de qualidade a uma maior quantidade de pessoas”, comenta Jandira Moura, assistente social do instituto.

Abertura dos envelopes

Os envelopes com os projetos serão abertos nesta terça-feira, 6/10, às 9h30, em audiência pública, e aqueles que quiserem acompanhar poderão fazê-lo, observando as orientações das autoridades sanitárias, em relação aos cuidados necessários contra o novo coronavírus. A comissão de avaliação dos projetos é composta por servidores do Fundo Manaus Solidária, das secretarias municipais da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc), Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi) e Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). O resultado final do terceiro Edital de Fomento, com os nomes das organizações sociais contempladas, será disponibilizado no site manaussolidaria.org.

Editais anteriores

O primeiro Edital de Fomento do Fundo Manaus Solidária foi lançado no final de 2018, com valor global de R$ 5,7 milhões, contemplou 31 projetos com o valor máximo de R$ 180 mil cada um e beneficiou mais de 6 mil pessoas. Já o segundo Edital de Fomento foi lançado em 2019, com um valor global de R$ 6 milhões. Esse edital contemplou 33 Organizações da Sociedade Civil, com um valor máximo de R$ 190 mil para cada projeto.

— — —

Texto – Daniel Brito e Michele Gouvêa / Fundo Manaus Solidária

Fotos – Karla Vieira / Fundo Manaus Solidária

Leia Também

Governo do Amazonas orienta servidores sobre reconhecimento de nome social no ambiente de trabalho

admin

Projeto incentiva empresas a ampliar licenças por maternidade e paternidade durante pandemia

admin

Restaurantes e cozinhas populares da Seas retomam atividades presenciais de forma responsável

admin