Amazonas

Governo do Estado avança 56% nos reassentamentos do Prosamim 3

O Governo do Estado avançou 56% nos reassentamentos previstos na terceira fase do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim). Essa condição foi alcançada após o pagamento de indenizações e bônus-moradia realizado através da Superintendência Estadual de Habitação (Suhab), para 88 famílias que residem no leito do igarapé do Quarenta, nesta sexta-feira (09/10), no Centro de Convivência do Idoso do bairro Aparecida. O governador Wilson Lima participou do evento.

Os pagamentos foram executados pela Suhab, que é a secretaria estadual responsável pelo processo administrativo de desapropriação. O montante destinado foi de R$ 3,3 milhões, sendo estes recursos financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID).

O Prosamim 3 está executando intervenções nos igarapés do 40 e Mestre Chico, ambos localizados na zona sul de Manaus, e prevê a construção de obras de mobilidade urbana, requalificações urbanísticas e novos parques urbanos dotados de áreas verde e para a prática esportiva.

“O pagamento dessas soluções de moradia possibilita a essas famílias saírem de uma área de risco, suscetível a alagações, degradada ambientalmente devido ao lixo acumulado e à falta de saneamento básico, assim como, permite que o Governo do Estado execute obras de requalificação urbanística realizadas pelo Prosamim nessas áreas”, afirmou a subcoordenadora do Social da UGPE, Viviane Dutra.

Intervenção no Igarapé do 40 – A intervenção do Prosamim no igarapé do 40 está localizada entre as avenidas Silves e Maués, nos bairros do Japiim e Cachoeirinha, respectivamente. As obras no local contemplam uma nova via interligando a avenida Silves ao centro da capital através da Manaus Moderna, recomposição da fauna, criação de novas áreas verde e convívio social.

Reassentamento – Nesse trecho do igarapé do 40, irão ser reassentados mais de 6 mil pessoas. Com os pagamentos realizados nesta manhã, o avanço no reassentamento da área alcança 50%.

Intervenção no Igarapé Mestre Chico – As obras no local irão contemplar um novo parque urbano localizado entre as avenidas Leonardo Malcher e Parintins, nos bairros da cachoeirinha e Praça 14, dotados de áreas para prática esportiva, como quadras, academias ao ar-livre, área para caminhada. A requalificação urbanística desse trecho do igarapé Mestre Chico contemplará a implantação de macro e micro drenagens, redes de coleta de esgoto e calçadas.

Reassentamento – A obra do Prosamim, no local, vai reassentar cerca de 600 pessoas, que viviam em 121 imóveis expostos aos perigos das alagações. Com os pagamentos realizados nesta manhã, o reassentamento da área alcança 90%.

“A maioria dos meus vizinhos já não acreditava mais que fossem ser retirados do igarapé, pois a primeira vez que o Prosamim veio na área foi em 2008, retiraram os moradores de uma parte do igarapé, mas nós ficamos. E hoje é uma alegria imensa poder receber nossa indenização e sair da alagação”, afirmou a aposentada Maria de Nazaré, 61, moradora do igarapé do 40 há mais de 20 anos.

“Essas seis mil pessoas que serão reassentadas terão uma nova vida através da decisão do governador Wilson Lima que retirou a intervenção desse trecho do igarapé do 40 do papel. Essa intervenção era prevista na primeira fase do Prosamim e nunca havia sido executada. E assim que assumiu, o governador visitou a área e definiu que executaremos as obras, no local, dentro do Prosamim III, que está finalizando”, afirmou o coordenador executivo da UGPE, engenheiro civil Marcellus Campêlo.

Fotos: Tiago Corrêa/UGPE

Leia Também

Em dois dias, CIF fecha cinco estabelecimentos e autua outros oito

Redação

Amazonas apresenta redução de índices relacionados à Covid-19

Redação

Urgente: acidente envolvendo caminhão acaba com uma pessoa morta na AM-10; veja vídeo

admin