Brasil

Após ataque hacker, portais da Justiça Federal do DF e de 13 estados completam mais de 24 h fora do ar

Um ataque hacker ao sistema do Tribunal Regional Federal 1ª Região (TRF-1) fez a Corte retirar do ar, nesta sexta-feira (27), os portais da Justiça Federal do DF e de 13 estados. Com isso, consultas a processos e a emissão de certidões online permanecem indisponíveis há mais de 24 horas.

Em nota, a administração do tribunal confirmou a invasão, disse que “tomou ciência do acesso indevido ao seu ambiente de dados” às 19h de quinta (26) e, por isso, decidiu colocar todo o sistema em modo restrito “impedindo qualquer acesso remoto” (leia mais abaixo o comunicado na íntegra).

“A equipe da Secretaria de Tecnologia da Informação deste Tribunal Regional Federal permanece trabalhando e espera, já neste sábado, dia 28 de novembro de 2020, iniciar, de forma gradativa, o restabelecimento dos serviços de TI para acesso externo, à medida que for garantida a segurança adequada.”

Até então, o ataque de hackers ao portal era considerado suspeito. Entretanto, nas redes sociais, supostos autores da invasão comemoraram o acesso e disseram ter capturado os dados do Judiciário, mostrando a “vulnerabilidade” do sistema do TRF-1 (veja imagem no topo da matéria).

A Corte informou ainda que, considerando a gravidade do ocorrido, já “adotou as medidas jurídicas destinadas à pronta apuração dos fatos” e que, apesar do acesso de pessoas não autorizadas ao sistema, “não se verificou a existência de danos ao ambiente computacional” do tribunal.

O TRF-1 reúne processos do DF e dos seguintes estados:

  • Acre
  • Amazonas
  • Roraima
  • Rondônia
  • Amapá
  • Pará
  • Mato Grosso
  • Tocantins
  • Maranhão
  • Piauí
  • Bahia
  • Minas Gerais
  • Goiás

com informações do G1

Leia Também

Sargento da PM e mais duas pessoas morrem durante chacina

admin

Por cão perdido, menina faz apelo e dá recompensa do próprio cofrinho

admin

Bolsonaro diz que planeja prorrogar Auxílio Emergencial até o final do ano

admin