Amazonas

Amazonas é destaque no ranking do programa Pátria Voluntária

Foram contabilizadas horas de atividades desenvolvidas por voluntários de entidades indicadas pelo FPS

O Amazonas foi destaque no Pátria Voluntária 2020. O estado ficou na sétima colocação no ranking do programa, que é vinculado ao Ministério da Cidadania e visa fomentar a prática do voluntariado por meio de iniciativas que estimulem o engajamento dos setores público e privado e de organizações da sociedade civil (OSC) neste contexto.

O anúncio do ranking ocorreu nesta semana, durante evento no Palácio do Planalto, com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro; da presidente do Conselho do Pátria Voluntária, a primeira-dama do país, Michelle Bolsonaro; e da primeira-dama do Amazonas, Taiana Lima, que representou o estado na ocasião.

O ranking é baseado nas horas de atividades desenvolvidas por voluntários. Foram estimadas ações executadas no período de 05 de dezembro do ano passado até o fim de janeiro de 2020. No caso do Amazonas, o estado concorreu com a contabilização de atendimentos de apoio desenvolvidos pela Associação dos Deficientes Visuais do Amazonas (ADVAM); Jovens com uma missão – Monte Salém; Associação Beneficente o Pequeno Nazareno; Associação de Apoio e Resgate (AMAR); Sociedade São Vicente de Paula – Casa do Idoso.

Todas essas entidades contam com fomento do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS) e foram indicadas pelo Fundo para concorrer ao ranking. As ações desenvolvidas pelas instituições  constam em um perfil público e podem ser acessadas realizando a busca pelo nome da OSC no site: www.patriavoluntaria.org.

A primeira-dama do Amazonas, Taiana Lima, destacou a importância da cultura do voluntariado. “O meu desejo é que a cultura do voluntariado cresça ainda mais no Amazonas. Doar um pouco do seu tempo é um ato de amor e existem muitas pessoas em situação de vulnerabilidade social que precisam ser amadas e necessitam de atenção”, disse.

A secretária executiva do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza, Kathelen Santos, também esteve no evento e ressalta o trabalho do FPS. “O FPS sempre esteve presente nas ações sociais do estado do Amazonas e este programa Pátria Amada veio para somar ainda mais com o que já realizamos em parceria com as Osc’s. O Amazonas está empenhado para que esta cultura do voluntariado cresça e com isto, temos muitas associações e parceiros que poderão receber pessoas para fomentar o engajamento e o alcance de ações em prol dos mais vulneráveis”.

“Amigos do Pátria Voluntária”

Durante o evento, foram homenageadas as primeiras-damas que se destacaram no apoio ao projeto “Amigos do Pátria Voluntária”, mobilizando organizações da sociedade civil e fomentando o voluntariado em seus estados.

A primeira-dama do Amazonas foi uma das homenageadas, ao lado de  Gracinha Caiado, de Goiás; Mayara Rocha, do Distrito Federal; e Luciana Saito Massa, do Paraná. “Esse prêmio Amigos do Pátria Voluntária é dedicado a todos os amazonenses que doaram seu amor ao próximo durante o ano de 2020. Estou muito feliz e agradecida, pois juntos conseguiremos alcançar muitas pessoas. Bora fazer o bem?!”.

A finalidade do “Amigos da Pátria” é fomentar o engajamento da sociedade com o apoio de segmentos, como o comércio e a indústria, em ações de voluntariado de maneira a atender pessoas em situação de vulnerabilidade.

“Aliança pelo Voluntariado”

Com o objetivo de estimular a cultura do voluntariado no Brasil e ampliar o alcance de ações em prol dos mais vulneráveis, o programa Pátria Voluntária anunciou ainda a “Aliança pelo Voluntariado”. Foram convidados a compor a Aliança cônjuges de pessoas públicas como ministros e ministras; governadores e governadoras; e embaixadores e embaixadoras, além de representantes de organismos internacionais que atuam no Brasil. A primeira-dama do Amazonas foi uma das convidadas.

A secretária-executiva do programa Pátria Voluntária, Adriana Pinheiro, falou da necessidade de unir esforços na implementação de ações com impactos positivos e permanentes na vida das pessoas. “Acreditamos que juntos chegaremos mais longe, alcançaremos mais e melhores resultados, e multiplicaremos de forma exponencial a cultura do voluntariado no país, por meio de ações cívicas, de desenvolvimento sustentável, culturais, educacionais, científicas, recreativas, ambientais, de assistência à pessoa ou de promoção e defesa dos direitos humanos e dos animais” disse.

Natal Voluntário

Ao fim da cerimônia, a presidente do Conselho do programa Pátria Voluntária, Michelle Bolsonaro, lançou também o “Natal Voluntário”. O objetivo é arrecadar brinquedos para crianças e proporcionar ceias de natal para idosos, sendo os dois públicos atendidos por instituições sem fins lucrativos de todo o país. A campanha acontecerá até o dia 10 de dezembro e tem por meta beneficiar 10 mil crianças e 8 mil idosos.

As entidades a serem beneficiadas devem estar cadastradas no Portal Pátria Voluntária e a destinação irá ocorrer conforme a quantidade de doações recebidas. Os brinquedos novos ou usados serão arrecadados em pontos de coleta. Já os interessados em apoiar a realização de ceias devem acessar um questionário para manifestar o interesse em fazer a doação. Tanto a lista com os pontos de coleta quanto o questionário estão disponíveis em patriavoluntaria.org.

FPS

O Governo do Amazonas, por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza, seleciona, custeia e monitora projetos geradores de trabalho, renda e autossustentação que garantam a inclusão social de dependentes de substâncias psicoativas, pessoas com deficiência, idosos, crianças e adolescentes e o setor primário.

Leia Também

Pandemia reinventa profissionais para lecionar na rede estadual

Victoria Farias

Wilson Lima formaliza convênio entre Secretaria de Saúde e Corpo de Bombeiros para ampliar atendimentos na FCecon

Victoria Farias

Governo do Amazonas beneficia entidade do setor social em Manaus

Redação