Amazonas

Alunos da FGV-EASP elaboram propostas de melhorias para Gestão Pública no Amazonas

O grupo de 20 alunos do curso de Imersão Subnacional da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EASP) apresentará na próxima sexta-feira (9), um relatório com propostas de intervenção e melhorias para a Gestão Pública do Amazonas, uma das etapas da disciplina. Durante três dias, os estudantes da FGV reuniram-se, de modo virtual, com gestores de diversos órgãos do Governo do Estado para conhecer os programas mais relevantes das instituições, para depois apresentar soluções a partir de desafios identificados pelos representantes de cada pasta.

Oferecida semestralmente desde 2013, a proposta da semana de Imersão Subnacional é possibilitar aos diferentes grupos de alunos da FGV-EAESP oportunidade para uma vivência com foco no conhecimento de políticas públicas estaduais, formulação de propostas de melhoria ou novas soluções para problemas do governo estadual, e de conhecer os programas mais relevantes daquela gestão. No Amazonas, a Imersão Subnacional FGV-EASP é uma ação de Difusão e Popularização da Ciência, da Secretaria Executiva de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), vinculada a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), na tarefa de aproximar a academia da gestão pública. 

O grupo de estudantes foi dividido em 10 duplas para um trabalho de pesquisa junto às Secretarias de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana (Seinfra); de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc); Meio Ambiente (SEMA); Produção Rural (Sepror); Segurança Pública (SSP); Assistência Social (SEAS); Educação (Seduc); Saúde (SES); Casa Civil; e as Secretarias Executivas de Planejamento (Seap) e de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), ambas vinculadas à Sedecti. 

Na segunda-feira, dia 5, depois da apresentação “Caracterização Amazonas”, feita pela secretária executiva de Ciência, Tecnologia e Inovação, Tatiana Schor, os estudantes ouviram a apresentação “Atlas ODS Amazonas” com o representante do Atlas ODS Amazonas da Universidade Federal do Amazonas Henrique Pereira. Depois estiveram reunidos com a secretária executiva de Planejamento da Sedecti Sônia Gomes, que fez a apresentação do “Plano Plurianual e Agenda 2030”. À tarde, participaram de uma reunião com o engenheiro Manuel Paiva para a apresentação “Região Metropolitana de Manaus”.

Dia 6, terça-feira, os temas das reuniões foram “Educar para Transformar”, com Wilmara Messa, diretora do Centro de Mídias de Educação do Amazonas -CEMEAM Seduc, “Nova Saúde” com Jani Kenta Iwata, Secretário de Estado da Saúde, “Prevenção e Combate à Criminalidade e Violência”, com o secretário de estado de Segurança Pública Louismar Bonates. À tarde os temas debatidos foram “Amazonas Presente & Muda Manaus”, com Ana Beatriz Lobo Moutinho Breval, secretária executiva da Casa Civil e Ana Gabrielle Costa Barroncas Pará, – secretária executiva de Políticas para Mulheres da Secretaria de Estado de Justiça Social e Cidadania – Sejusc.

Nesta quarta-feira, o encontro foi com Christina Fischer, secretária adjunta de Meio Ambiente – SEMA para tratar do tema “Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável”. O secretário de Estado de Produção Rural Petrucio Júnior abordou o projeto “Produzir Amazonas”. O tema “Bioeconomia” foi apresentado pela secretária executiva de Ciência e Tecnologia e Inovação Tatiana Schor. A secretária de Estado da Assistência Social Marcília Teixeira da Costa falou sobre o tema “Amazonas Social”, enquanto a Chefe de Departamento de Políticas Públicas Secti/ Sedecti Nina Best, apresentou o tema “Experiência em Gestão Pública”. Nesta quinta-feira, os alunos trabalharão com os orientadores para a definição das propostas a serem apresentadas.

Fotos: Divulgação/Sedecti

Leia Também

Defensoria Pública do Estado abre agendamento para 2º Mutirão Virtual de Atendimentos

Redação

Portaria ministerial prorroga Força Nacional na Amazônia Legal

admin

Fundação de Vigilância em Saúde divulga nova edição de boletim nesta quarta-feira (18/11)

Victoria Farias