Amazonas

Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural divulga resultado de edital para avaliadores de projetos culturais

A Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural (AADC) divulgou a primeira lista de selecionados no edital de credenciamento de avaliadores de projetos/propostas culturais (Edital nº 02/2020), para atividade de análise, emissão de parecer técnico e atribuição de nota para os projetos/propostas dos editais publicados pela Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Amazonas e pela Agência Amazonense de Desenvolvimento Cultural. O documento está disponível no site da AADC (www.agenciacultural.org.br) ou diretamente pelo link https://bit.ly/3oA1Acq.

Foram selecionados Anna Carolina Faria Lirio e Morgana Maria Pessôa Soares, do Rio de Janeiro; Bruno Gaudêncio, Mirtthya Guimarães e Pedro Santos, da Paraíba; Cecília Pessôa e George Michael, de Pernambuco; Dany DB e Guilherme Fiuza Zenha, de Minas Gerais; Fabiano Lodi, Lucas Gonzaga Rosa, Marta Cesar e Tales Jaloretto, de São Paulo; Felinio Freitas, da Bahia; Giordanna Santos, do Mato Grosso; Grazi Calazans, do Paraná; Mariela Silveira, de Santa Catarina; Tiziane Virgilio, do Rio Grande do Norte; e Ricieri Carlini Zorzal, do Maranhão. 

O edital é aberto para pessoas físicas e jurídicas – especificamente microempreendedor individual (MEI) – em todo o território nacional, para exercerem atividade de análise, emissão de parecer técnico e atribuição de nota a projetos culturais. 

Segundo o secretário de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz a partir do diálogo com a classe artística, a pasta consegue atender melhor as expectativas dos trabalhadores do segmento no estado. 

“Conforme alinhado em reuniões sobre aplicação e operacionalização da Lei Aldir Blanc, ampliamos a abrangência do certame para profissionais de todo o país, para contribuir no processo de avaliação e transparência dos editais que atendem o inciso III da Lei, assim como em outros que poderão ser lançados”, comenta o secretário.

Seleção – O edital prevê que o cadastro dos avaliadores selecionados terá validade de um ano, prorrogável por igual período, a critério da AADC e da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa do Amazonas. 

O credenciamento será feito por área artístico-cultural, sendo os profissionais selecionados pela experiência comprovada nas áreas e segmentos escolhidos. 

Cada avaliador poderá se inscrever em até 5 (cinco) áreas de atuação, entre as 13 (treze) áreas de atuação artísticas, devendo comprovar experiência profissional nas escolhidas e indicar a principal de atuação. 

Os valores pagos aos avaliadores terão um teto limite de R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais) brutos por edital. 

As áreas de atuação artísticas são Artes Visuais; Audiovisual, Cinema, Comunicação, Arte Digital e Novas Mídias; Circo; Dança; Fotografia; Literatura; Música; Teatro; Patrimônio Cultural Material; Patrimônio Cultural Imaterial; Museus e Memória; Moda e Design; e Intersetorialidades das Políticas Públicas de Cultura, Gestão e produção Cultural.

FOTO: Michael Dantas

Leia Também

Governo do Estado avança nas reformas do parque Residencial Manaus

Redação

Eduardo prioriza Saúde do AM em emendas ao orçamento da União de 2020

admin

AADC lança edital para avaliadores de projetos culturais em nível nacional

Victoria Farias