Amazonas

92% dos turistas que vêm ao Amazonas têm a intenção de retornar

O destino Amazonas, estado que mantém mais de 95% da floresta preservada e abriga diversos atrativos turísticos, tem agradado visitantes nacionais e internacionais. Pesquisa realizada pela Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur) aponta que 92% dos turistas entrevistados têm a intenção de retornar ao estado e 98% recomendariam a outras pessoas que visitem o Amazonas.

Os dados obtidos correspondem ao período de setembro até a primeira semana de novembro. As informações são coletadas pela Amazonastur diariamente, no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes. De acordo com a pesquisa, os visitantes gastam, em média, R$ 2.078,95 durante o período de estada no Amazonas.

O tempo médio de permanência no estado é de seis dias e entre os principais motivos para visitar o Amazonas apresentados, constam: férias ou lazer (29%); trabalho ou negócios (26%); visita aos familiares (24%) e pesca esportiva (19%) por exemplo. Mais da metade viajam sem acompanhante para o estado: 58% dos entrevistados chegam sozinhos e 49% afirmam que estavam solteiros no momento da viagem. Os homens são maioria (58%) e, em média, têm 40 anos de idade.

Para onde vai quem vive aqui? – São Paulo é o principal destino de quem vive, no Amazonas, ao viajar. A terra da garoa é a preferência de 27% do turismo emissivo. O tempo médio de viagem é de sete dias e cada turista do Amazonas gasta, em média, R$ 2 mil em suas viagens fora do estado. A idade média dos turistas enviados pelo Amazonas para outros destinos é de 38 anos e a maioria é formada por mulheres (59%). Segundo a pesquisa, maior parte desse público de turistas que parte do Amazonas está solteira (52%) e o principal motivo da viagem é o lazer (45%).

O levantamento é coordenado pelo Departamento de Estatística e Tecnologia (Destat) da Amazonastur. Segundo o chefe do Destat, os dados foram captados em quatro diferentes formulários: Caracterização dos Turistas do Amazonas, Avaliação dos Turistas do Amazonas, Pesquisa de Avaliação da População e Pesquisa de Turismo Emissivo.

“Conhecer o perfil e demais características dos nossos turistas nos trazem três benefícios importantes: nos dão a noção de como devemos nos posicionar no mercado turístico; nos ajudam a traçar estratégias para promoção e marketing e auxiliam na tomada de decisões, inclusive na identificação de novos nichos de mercado ou de públicos e possíveis consumidores que precisam ser fortalecidos”, explicou o diretor do Destat, Francisco Alves.

Fotos: Janailton Falcão/Amazonastur

Leia Também

Homem com bolsa de colostomia tenta assaltar irmãs do Templo Central da Ass. de Deus em Manaus.

admin

Funasa realiza seminário sobre saneamento básico no Amazonas

admin

Governo realiza ação de cidadania para refugiados venezuelanos neste sábado (25/5)

admin